True love

Hoje assisti a uma minissérie inglesa que achei interessante. São cinco episódios apenas, cada um com uma história diferente.

Apesar de adorar enlatados americanos, o ritmo inglês (ou qualquer outra obra não-americana), como eles dizem: é adorável. Histórias simples, sem grandes dramas, nem surpresas sensacionais, mas nada óbvio em momento algum.

A primeira história começa com um casal família, super apaixonado. Imaginei logo que por traz daquele bom moço se escondia um filho da puta com uma amante, ou que ela faria esse papel. Nada. Eles eram ótimos mesmo, felizes mesmo, porém, uma ex-namorada-inesquecível surge para bagunçar a cabeça daquele marido exemplar. A ex não era uma piranha insensível, que veio infernizar um pai de família . Ela, infelizmente, sentia saudades dele. E agora?

(suspiros)

Boa.

O que é certo ou errado numa hora dessas? Claro que mulé que dá em cima de homem casado é tudo puta, e se o marido fosse meu, seria uma destruidora de lares que queimaria no mármore do inferno. Ah! AND puta, claro. Mas, no fundo… como a gente lida com o coração da gente quando tudo parece certo no meio de tanta coisa errada? Ou seria o contrário?

Tive pena dos três.

Minha sabedoria leva-me a crer que 99% dos seres humanos são cretinos. Claro que quando a mulher desconfiou, ele a chamou de louca, enquanto, na verdade, fornicava com a pecadora. Quase bocejo, BUT… ele quis ir embora, quis largar tudo, trocar de nome, abandonar a família… e, não foi. Ele era feliz. A ex-inesquecível tinha o papel de inesquecível. Acabou a história. Sua vida já era completa.

Bem resolvido emocionalmente esse cara, não? Essa história de amor verdadeiro, maduro, existe mesmo? Ou seria tudo ficção? Ou as pessoas não são tão cretinas quanto parecem?

Anúncios

5 comentários em “True love

  1. Tudo na nossa vida não passa de uma ficção, gostamos de liberdade, emoção romance que não gosta? Simplismente o cara é resolvido a curtição dele com a ex já passou não vivemos no passado!!!! Basta! Vontade de dar uma fugidinha que não tem? rsrsrs

  2. A vida é assim: uma merda. Gente bacana se pega envolvido em situações impossíveis de se resolverem sem q alguém saia gravemente ferido. Então, sim, acredito q esse “true love” exista.

    Vou assistir essa, hein.

  3. Hummmm não sei se existe… Mas não sei se não são cretinas… Acho que na vida real o cara aí fornicava com a ex e continuava com a esposa na maior. E quando a ex pressionasse para elargar a esposa, ele amarelava e largava a “louca” da amante. Tá mais pra isso aí… rs
    Mas vale ressaltar que, por outro lado, se fosse a mulher fornicando com o ex inesquecível, provavelmente ela largaria TUDO, sim. E viveria feliz pra sempre com o ex… até se arrepender.. ou não! ;)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s