Sobre a vida, poodles e tudo mais

Lá nos primórdios eu tinha uma calça rosa. Era super style e tinha me custado uma fortuna. Rosa bebê, saca? E eu ainda usava com uma babylook com o carro da Penélope Charmosa bordado. Tão imaginando a gracinha?

Pois então. Um dia meus irmãos iam a um show Hardcore e eu cismei que tinha que ir também. Não fazia a menor idéia do que seria um show Hardcore, mas safa do jeito que sou/era, o importante era ir. Tão imaginando? Pois é, fui com a calça mais legal EVER, para me divertir: a famosa calça rosa bebê, com a blusinha da Penélope Charmosa.

Todos usavam preto, coturno e tinham aparência de que não tomavam banho há umas três semanas. E eu lá, parecendo um poodle. Foi a noite mais esquisita que já tive. Meu sonho era pelo menos arranjar uma touca suja para esconder meu cabelo loiro, reluzente AND escovado.

E assim é a minha vida: usando a calça mais legal EVER para no final das contas parecer um poodle. A gente tenta ser carinhosa para no máximo parecer carente. A gente tenta ser simples para no máximo parecer complicada. Confessar erros não são vistos como confessos, são visto como erros inconfessáveis. Tentar consertar é tentar piorar. Tentar entender é dificultar.

Se eu conseguir uma touca suja, melhora?

Anúncios

7 comentários em “Sobre a vida, poodles e tudo mais

  1. Eu já desisti da touca rosa, na vdd. Nao me importo q me achem poodle… Desde q eu discorde. :P

    Em tempo: já fui num show d metal c/ uma blusa cor-d-rosa e havaianas… Hahahha

  2. eu também tinha uma calça rosa bebê…que coisa?!
    Mas a gente não se basta usando a calça mais legal do mundo…a gente quer que o mundo também ache que a nossa calça é a mais legal. Pretenção? Pra evitar vaias, eu tô bem embaixo da minha touca suja, aqui.
    Beijos

  3. Ultimamente eu me sinto assim: parece que eu coloquei a tal da toca suja pra ver se eu me escondo um pouco na multidão, digo sim sim pra tudo, concordo com tudo, respiro fundo e tento não chamar atenção, pra ver se acho um pouquinho de paz.

    Mas quem gosta de calça rosa bebê e de penélope charmosa dificilmente se contenta em usar uma toca suja e uma roupa preta fedida. De qlqr jeito a gente perde, né não?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s