Amigos sem rancor

Há pouco tempo uma pessoa me procurou para pedir desculpas pelo que havia feito comigo há alguns anos. Ele foi alguém que fez parte da minha vida de forma mediana… Trabalhamos juntos e tivemos um envolvimento superficial. Era até bacana, porque ele é o tipo de cara divertido… Mas, o fim foi complicado, porque envolveu muito mais que nossa superficialidade.

Apesar de saber que o mundo dá voltas, não acho que seja este o caso. Acredito, sim, que por mais mau caráter que alguém possa ser, há os que têm consciência dos estragos que conseguiram fazer, e que de alguma forma precisam acreditar que são pessoas que ainda têm dignidade e humildade para reconhecer um erro.

Consciência é algo que dificilmente se tem, mas quando ela aparece, não deixa ninguém dormir.

Em todo caso, hesitei. Eu não sei perdoar, ora. As pessoas não erram sem querer. A gente só erra sem querer quando quer acertar. Quando alguém diz que o que fez com você foi sem querer, que fez escondido para não te magoar, ela fez por querer, sim! Porque ela SABE que aquilo te magoa. Te poupar não é mérito algum. Ela só está fazendo algo que não tem coragem de fazer olhando para sua cara. Então a gente perdoa exatamente o quê?

Eu já errei querendo acertar e já errei sabendo do meu erro. Este não me deixou dormir durante muito tempo…só consegui depois que pedi desculpas por ter sido tão egoísta.

Não acho que ele seja uma pessoa boa ou que não seja capaz de fazer tudo de novo, mas nunca ninguém me pediu desculpas com tanto coração.

Não sei se o perdoei. Dizem que quando a gente perdoa de verdade a gente esquece. Mesmo? Acho que esquecer eu não vou. Não, não vou. Contudo, hoje fico feliz que ele tenha reaparecido. Descobri que desculpas, definitivamente, aliviam – e cicatrizam – o coração.

Mesmo.

Anúncios

5 comentários em “Amigos sem rancor

  1. Esquecer é impossível, mas perdoar dá sim, mas a pessoa que quer ser perdoada, tem que querer mesmo, querer muito, querer ser perdoada pra sempre, ou seja, nunca mais cometer o mesmo erro(estando juntos ou não). Pedoar depende só de você, ser perdoado precisa dos dois…

  2. “As pessoas não erram sem querer. A gente só erra sem querer quando quer acertar.”

    Adorei isso!
    Eu nunca tinha pensado nisso dessa forma; e não é que você tem razão?
    Ninguém erra assim sem querer, só se for sem-querer-querendo. O que já é outra história.

    Esquecer, eu acho que não se esquece. Mas lembrar sem dor já é um bom começo pra ficar amigos sem rancor.

    =]

  3. ” A gente só erra sem querer quando quer acertar”

    Saudade das tuas sacadas simples e geniais!

    Bem, loira, eu acho que qdo a gente perdoa de verdade a coisa dói em paz… o que faz a gente esquecer é lobotomia ou Alzheimer, não tenho dúvidas.

  4. Você pode perdoar e não esquecer; você pode esquecer mas não perdoar. Perdoar e esquecer são coisas diferentes.

    Lembra (pun not intended</i<) daquele filmezinho que dá nome ao meu blog até hoje? Então…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s